NOSSOS PROJETOS

LOGO_mundo boquinha e alice.jpg

Boquinha Livre

2015-2020

O Boquinha Livre é um projeto criado em 2015 para  desenvolver e compartilhar um espaço físico - o Fislinho-  destinado às crianças e adolescentes participantes do Fórum Internacional de Software Livre - FISL. 

Jogo_montado28052017 (1).jpg

Boquinha Livre na Feira do Livro de Porto Alegre

2018

O Boquinha  na Feira do Livro de Porto Alegre Nov/2018 : dia 07/11 das  no Espaço do Conhecimento Petrobras. Comemoração de  15 anos de (R)Existência.

E dia 13/11 entrevista com Lilian Celiberti.

https://www.sul21.com.br/ultimas-noticias/geral/2018/11/lilian-celiberti-conversa-sobre-sequestro-dos-uruguaios-com-criancas-do-projeto-boquinha/

radioboquinha.jpg

BOQUINHA 15 ANOS 

2003 - 2018

O Boquinha, encarte infanto-juvenil do Jornal Boca de Rua, nasceu em 2003 e completou 15 ANOS em 2018. As comemorações pelo Boquinha Livre junto ao FISL seguiram a metodologia: de ser definida,  elaborada e discutida com as crianças e todos os componentes. Nas reuniões semanais do Boquinha Livre  foram se definindo o formato, as comemorações e os eventos programados a confirmar durante o ano.

radioboquinha.jpg

RÁDIO BOQUINHA

2018

BOCA NO TRAMBONE

Nem só de jornal vive o Boquinha Livre, que criou a rádio “Boca no Trombone” após o Fórum Internacional de Software Livre - FISL2018. Pelo 5º ano consecutivo, as crianças e os adolescentes estiveram presentes no evento, ocupando o espaço Fislinho com o projeto Boquinha Livre. Eles traduziram a experiência em forma de trabalhos artísticos feitos com recortes em oficinas realizadas pelos estudantes de Arquitetura que participam da Rede de Parceria.

radioboquinha.jpg

Boquinha POLIS

2003 - 2017

O Boquinha POLIS reúne a discussão, trabalhos e produções realizados sobre os espaços públicos-privados, geográficos-territoriais, moradia-cidade pelo olhar das crianças. As discussões dos espaços geográficos e de território perpassaram o Boquinha desde sua criação em 2003, e é significativo pois o projeto iniciou com crianças de rua de Porto Alegre. A rua era a identidade das crianças e as edições   que trabalharam  espaços geográficos e territórios junto ao Jornal Boca de Rua são:

- CIDADE DOS SONHOS - CARTA AO PREFEITO (JAN, FEV/2004)

- UNIVERSO PARALELO - PLANETINHAS (JAN, FEV, MAR/2006)

- PLANETA DOS MACACOS (MAI, JUN, JUL/2006)

- VÓ NATUREZA - ABC DA TERRA (AGO, SET, OUT/2006)

- CIDADE - A CARA DE PORTO ALEGRE (DEZ, JAN, FEV /2007)

 - PORTO DE IDEIAS (MAR, ABR, MAI/2007)

- SEM TERRINHA - MST- MOVIMENTO DOS TRABALHADORES SEM TERRA  (JUN, JUL, AGO/2007)

- A MELHOR ESCOLA DO MUNDO (ABR, MAI, JUN / 2008)

- UM MUNDO SEM TV - BECO DAS CORES (JAN, FEV, MAR/ 2009)

- ZOOLÓGICO DE GENTE (JUL, AGO, SET / 2009)

- GARRAFAS AO MAR - CARTA AOS PORTUGUESES (OUT/NOV/DEZ/2012)

- CIDADE MATA BOSQUE (JAN, FEV, MAR 2013)

- REDENÇÃO ENCANTADA (JUL, AGO, SET 2015)

- CASAS MUITO ENGRAÇADAS (ABR, MAI, JUN 2016)

- PORTO MAIS ALEGRE (ABR, MAI, JUN 2017)

- SEM TERRINHA- 10 Anos depois (OUT, NOV, DEZ 2017).

radioboquinha.jpg

Boquinha CIVITAS

 2005-2006

Convênio de parceria com a UFRGS, particularmente com o  Laboratório de Estudos em Linguagem, Interação e Cognição - LELIC, tendo em vista consubstanciar políticas de inclusão social e tecnológica-digital, oportunizando, a grupos marginalizados e excluídos, o acesso às tecnologias informáticas aliado a uma formação para prática de cidadania e uso responsável da tecnologia, através da integração entre a união dos projetos  sócio-educacionais BOCA DE RUA/BOQUINHA e CIVITAS (LELIC/UFRGS 1).

FISL_Boquinha2015.jpg

Circulinha

2016

O CIRCULINHA é a Enciclopédia do Boquinha Livre, em que  para os gregos, enciclopédia significava "Educação Circular", cujo  conhecimento transitava e se difundia para todos que assim desejassem. A intenção do CIRCULINHA é este: circular todos os assuntos que as crianças do Boquinha Livre  já debateram, discutiram, questionaram, pesquisaram, visitaram, brincaram e  também publicaram no encarte Boquinha através do Jornal Boca de Rua. E na verdade é isto que a  educação tem que ser "circular" , prazerosa, divertida e lúdica de conhecimento, e alfabeticamente, como uma Enciclopédia.

O objetivo deste projeto é fazer esta Enciclopédia de forma digital e impressa, para que todos possam acessar e se divertir com a sabedoria das crianças do Boquinha Livre.

Telecentro População Situação de Rua 2004

Através do presente Convênio as partes comprometem-se a congregar esforços para a implantação e o funcionamento de um TELECENTRO, localizado na Av. Osvaldo Aranha, junto ao Araújo Vianna no Parque da Redenção, bairro Bom Fim, em Porto Alegre.

Para fins deste convênio, Telecentro é o local com infra-estrutura e equipamentos de informática e comunicação preferencialmente para pessoas que não dispõem destes recursos, permitindo-lhes o livre acesso a Internet e o convívio com as tecnologias de informação.

CONVENIANTE: MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE, pessoa jurídica de direito público inscrita no CNPJ sob o nº 92.963.560-0001/60, com sede na Praça Montevidéu, nº 10, representado neste ato pelo Prefeito Municipal Sr. João Verle, com a interveniência da Secretaria do Municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana, por sua Secretária, Senhora Helena Bonumá.

 

 

CONVENIADO: ALICE – Agência Livre para a Informação, Cidadania e Educação, organização não governamental e sem fins lucrativos, com CNPJ nº 07187987-0001/44, com sede na Av. Pe. Cacique, nº 230/206 bairro Menino Deus, em Porto Alegre, aqui representada por seu Presidente, Sra. Cristina Pozzobon.